Itália pode prender pais que impõem dieta vegana aos filhos

Nova proposta polêmica deve ser discutida ainda esse ano

Publicado em 26/08/2016

Uma proposta muito polêmica, criada pela deputada Elvira Savino, do partido Forza Italia, quer punir pais que submetem seus filhos a uma alimentação vegana. A proposta surgiu após o registro de quatro casos de desnutrição infantil em consequência da dieta. 

Médicos dos hospitais, informam que na maioria das vezes os pais oferecem um cardápio desprovido de nutrientes que são essenciais para o crescimento saudável de uma criança. Acredita-se que os pais não estão se preocupando em consultar nutricionistas antes de tomar tais medidas. 

Caso a proposta seja aprovada, os infratores poderão ser detidos por um ano, porém, se a criança desenvolver alguma doença, ou sofrer lesão permanente a pena pode chegar a 4 anos de reclusão. 

O assunto é muito polêmico na Itália e divide opiniões. A Associação Dietética Americana (Ada) afirma que um cardápio totalmente isento de produtos de origem animal, quando bem equilibrado, não prejudica o desenvolvimento de bebês e crianças. Essa proposta ainda será discutida pelo parlamento antes de ir para a câmera, e é bem provável que isso aconteça ainda esse ano.

Em paralelo a essa nova possível lei, há outros três projetos a favor desse tipo de dieta, para que cantinas italianas ofereçam mais opções veganas e vegetarianas em seus cardápios. 

Foto: Divulgação