Consumo de carne processada pode aumentar sintomas da asma

Presença do conservante nitrito seria o grande problema; presunto, linguiça e salsicha devem ser substituídos

Publicado em 27/12/2016

Em matéria publicada na revista francesa Thorax, foi apontada uma relação entre o consumo de carne processada e a piora nos sintomas da asma. O periódico científico fez questão de ressaltar que não existe uma garantia completa, mas recentes estudos com pacientes da doença mostraram que o presunto, salame, bacon e as salsichas podem ser bem prejudiciais a eles. E não só para os asmáticos, mas para qualquer pessoa.

O grande fator que pode desencadear uma piora no quadro dos problemas respiratórios é o conservante nitrito. Sua toxicidade é comprovadamente maléfica para o corpo humano em altas quantidades, e nas vias respiratórias não é diferente, afinal, os voluntários do estudo foram submetidos a quantidades maiores do que o “permitido” e os sintomas como aperto no peito e dificuldade para respirar aumentaram.

Ainda faltam provas concretas e testes mais intensivos para que a tese seja comprovada, mas de qualquer jeito é importante evitar os embutidos. Apesar dos sabores atrativos, eles podem ser verdadeiras drogas, afinal, já houve até relação deles com o desenvolvimento do câncer. Troque a salsicha ou a linguiça pela carne vermelha ou outra ao seu gosto. Priorize a sua saúde.

Foto: Divulgação